quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Cavaco Silva “informador” da PIDE ?!


A ser verdade, percebe-se melhor certas decisões tomadas quando Cavaco Silva era primeiro-ministro:

«Foi também o primeiro-ministro Cavaco Silva que em 1989 recusou conceder ao capitão de Abril, Salgueiro Maia, quando este já se encontrava bastante doente, uma pensão por “serviços excepcionais e relevantes prestados ao país”, isto depois do conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República ter aprovado o parecer por unanimidade.

Mas foi o mesmo primeiro-ministro Cavaco Silva que em 1992, assinou os pedidos de reforma de dois inspectores da polícia fascista PIDE/DGS, António Augusto Bernardo, último e derradeiro chefe da polícia política em Cabo Verde, e Óscar Cardoso, um dos agentes que se barricaram na sede António Maria Cardoso e dispararam sobre a multidão que festejava a liberdade.»

Leia mais aqui .

1 comentário:

  1. E eu que me considerava informado...só ontem, por acaso soube que o PR e ex-PM deste país foi um "bufo" da PIDE! Devo ter sido o único!

    Como foi possível aos cidadãos e aos partidos (sobretudo, os ditos de "esquerda) terem permitido esta afronta!?
    Um "bufo" da PIDE a comandar os destinos deste triste Povo...o meu (nosso)!...

    ResponderEliminar