quarta-feira, 31 de maio de 2017

Malária, uma boa notícia

Andrea Cunha Freitas (Público, 31.Maio.2017)

Um grupo de 18 voluntários saudáveis vai ser picado por um mosquito para receber um parasita da malária geneticamente manipulado. O objectivo é testar uma potencial vacina que já teve resultados positivos em ratinhos, coelhos e macacos.

quinta-feira, 25 de maio de 2017

quarta-feira, 24 de maio de 2017

A sério ?

Schäuble diz que Centeno é o “Ronaldo” das finanças europeias

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, disse que Mário Centeno é o “Ronaldo do Ecofin”, o grupo de ministros das Finanças da União Europeia.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Açores (1994)

 

Será desta ?



A Comissão Europeia anunciou que irá recomendar ao Conselho Europeu a saída de Portugal do Procedimento por Défice Excessivo. O anúncio foi feito pelo vice-presidente da Comissão Europeia e pelo comissário para os Assuntos Económicos e Financeiros, confirmando as expectativas criadas depois de Portugal ter garantido um défice de 2% durante o ano passado.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Cheira a "impeachment" nos EUAmérica

Alexandre Martins (Público, 18.Maio.2017)
 

O verdadeiro problema começou na semana passada, quando o Presidente decidiu despedir o então director do FBI, James Comey, que era o responsável máximo pela investigação criminal sobre as suspeitas de ingerência russa nas eleições do ano passado. Depois, já no início desta semana, o jornal Washington Post noticiou que Trump revelou segredos sobre uma operação dos extremistas do Daesh durante um encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, na Casa Branca. Sabe-se agora que a fonte desse segredo são os serviços secretos de Israel – um país que tem interesses muito diferentes dos da Rússia.

Arte urbana no Jardim de Infância do Vimeiro

Desta vez, os meninos e meninas 
desenharam um cão primaveril :))


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Obras no Largo do Leão (VIII)






Ciência une países do Médio Oriente

 Teresa Serafim (Público, 16.Maio.2017)

Há motivos para dizer que a ciência une os países. Instalado perto da capital da Jordânia, o primeiro acelerador internacional de partículas do Médio Oriente junta países como Israel e o Irão. Portugal é um dos observadores deste centro de investigação.


É o primeiro acelerador de partículas internacional do Médio Oriente e tem a sua sede em Allan, perto de Amã, a capital da Jordânia. Esta terça-feira foi inaugurada esta grande máquina que produz radiação sincrotrónica e um dos seus trunfos é a junção de dez países do Médio Oriente, alguns dos quais com relações bastante tensas.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Electricidade: consumi 48 euros, mas paguei 99 !

O senhor António Mexia disse numa recente entrevista que “A eletricidade não é cara. As casas é que são mal construídas”. Aí está a justificação. E ontem dizia na televisão que o custo é comparável à média europeia, e que não faz sentido compará-lo com o nível de vida...


Ontem recebi a factura da EDP referente ao consumo de electricidade durante dois meses e, como a minha casa está bem construída, bem calafetada e utilizo lâmpadas LED, dei comigo a olhar para os números, o que não é habitual.
Constatei que consumi 48 euros de electricidade, mas... paguei 99! Na factura há uma parcela curiosa, a chamada “potência contratada”; acresce o IVA (23%!) e uma “contribuição audiovisual”. Conclusão: A electricidade não é cara, o que é caro são as taxinhas, estúpido!

NOTA: Fui consultar a internet e encontrei uma notícia segundo a qual os portugueses são os europeus que pagam mais pela luz: “o peso das taxas e impostos no preço da electricidade doméstica é o terceiro maior da UE (50%) e acima da média europeia de 33%”. Bate certo.

sábado, 13 de maio de 2017

Milagre!

Diziam que era impossível. Que uma balada nunca iria vencer a Eurovisão. Que a música não era festivaleira e que Salvador Sobral iria ter de mudar tudo o que é para vencer o concurso. O músico de 27 anos dispensou um espectáculo de luzes impressionante e subiu ao palco com uma indumentária tão simples quanto a eficácia da sua música. Sem bailarinos ou um coro, Salvador Sobral colocou um país inteiro a olhar para a Eurovisão novamente. E, em português, conseguiu conquistar também a atenção além-fronteiras.
A canção dos irmãos Sobral tornou-se um fenómeno global e durante semanas surgiam dos quatro cantos do mundo vídeos de fãs a interpretar as suas versões. Na imprensa internacional multiplicaram-se títulos a elogiar a “voz de anjo” e a “actuação perfeita”. A esperança foi crescendo entre as vozes mais cépticas. Este sábado, os resultados não deixaram margem para dúvidas: a Europa rendeu-se a Salvador Sobral.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Parece que cheira a Watergate nos EUAmérica

Liliana Borges e Pedro Guerreiro (Público, 10.Maio.2017)

Tal como Nixon, Trump afastou o responsável por uma investigação de que é alvo. Em Washington, vem à memória o escândalo do Watergate, que não acabou bem para Nixon, o Presidente dos EUA de então.


Oficialmente, e de acordo com cartas prontamente divulgadas pela Casa Branca, o Presidente dos EUA despediu o director do FBI após uma recomendação do procurador-geral Jeff Sessions. O motivo apontado é uma suposta quebra de confiança em Comey pela forma como este geriu a investigação aos e-mails da candidata presidencial democrata Hillary Clinton (primeiro afirmou que a antiga secretária de Estado não deveria ser acusada de crime algum, depois incendiou a campanha eleitoral ao anunciar a reabertura do processo, a 11 dias da votação). No entanto, Trump beneficiou eleitoralmente da polémica gestão desse dossiê, que lesou a imagem da adversária, tendo até elogiado Comey, publicamente e por diversas vezes, pela condução do processo. “O que ele fez recuperou a sua reputação”, elogiava Trump à data. 

A canção dos irmãos Sobral vai à final


Depois de um interregno de um ano, Portugal voltou aos palcos da Eurovisão. Esta é das poucas vezes em que a canção de Portugal é uma das favoritas à conquista do primeiro lugar do festival.

Salvador foi o único intérprete que não cantou no palco principal mas sim num palco secundário, mais à frente, rodeado pelo público. Enquanto Salvador Sobral cantava, a plateia manteve-se silenciosa, bamboleando ao som de Amar pelos dois. À volta do palco, vários espectadores acenderam as lanternas dos seus telemóveis, fazendo lembrar pequenos pirilampos ou estrelas reluzentes. Para além desta singularidade, a balada que representa Portugal é a única canção desta primeira meia-final cuja letra não está em inglês.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Salvador Sobral canta hoje na Ucrânia

Portugal participa esta terça-feira no Festival Eurovisão da Canção. Salvador Sobral foi recebido em Kiev com entusiasmo (cf. vídeo).

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Emmanuel Macron é o novo presidente francês

Diogo Queiroz de Andrade (Editorial do Público)
Emmanuel Macron ganhou com um programa pró-europeu e assumiu no discurso de vitória que vai defender a União Europeia. Com isto, o euro subiu 10% e 26 líderes europeus suspiraram de alívio. Mas o trabalho difícil começa agora. 

domingo, 7 de maio de 2017

Dia da Mãe

Maria Emília Cardoso (minha Mãe) e 
Maria da Piedade Pinheiro (Mãe dos meus Filhos)

O riso das mães
Miguel Esteves Cardoso  
A minha mãe está sempre a voltar. Aparece-me mais vezes do que quando estava viva. Sinto-a a rir-se dentro de mim, a desafiar-me a lembrar-me dela: "Diz lá então o que é que diz esta mãe tão chata que não te deixa em paz?"
Antes de morrer ela confidenciou-me "as mães, por muito boas que sejam, acabam sempre por deixar mal os filhos". Em inglês: they always let you down. Senti-me imediatamente culpado: não estaria ela a falar nos filhos? Não somos nós que as desiludimos, num instantinho?
As mães não nos deixam ficar mal: não nos deixam. Por muito bem que estejamos elas voltam. Até voltam mais quando estamos bem e esquecemos as saudades que temos delas. Voltam para nos fazer rir, voltam para nos mostrar como, voltam para ver as coisas com os olhos delas.
Há um grande amor que se solta quando a presença física desaparece. Há um grande amor que espera por esse vazio para se mostrar. É como a voz dela dentro de mim: só comecei a ouvi-la no silêncio que caiu à minha volta quando ela se foi embora. Durante uns tempos — que nunca mais acabavam — doía-me que eu não pudesse falar com ela. Mas doía-me ainda mais ela não poder falar comigo.
Sim, não posso telefonar-lhe. Mas já não preciso. Ela fala comigo várias vezes por dia. Eu conto à Maria João, tal e qual tivesse acabado de falar com ela. Ela ajuda-me a rir, a perceber, a entregar-me.
As mães só fingem que nos deixam ficar mal. A verdade — que também é triste — é que não nos largam. Porque nós não as deixamos. Nem podemos. 

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Conselho sobre o jogo Baleia Azul

... é o conselho do psiquiatra Daniel Sampaio 


Daniel Sampaio contou ao PÚBLICO que falou recentemente com quatro jovens que têm amigos ou colegas aliciados para o Baleia Azul e todos lhe relataram o mesmo: que um responsável pelo desafio, um curador com um perfil falso, os convidou para o jogo depois de os adolescentes terem deixado online pistas de que se encontravam fragilizados ou em sofrimento psicológico. “Há muitos jovens que escrevem mensagens na Internet a dizer que não estão bem e segundo me dizem são esses que são contactados”, explica o psiquiatra, chamando a atenção para a gravidade deste tipo de actuação.

Le Pen versus Macron – o combate

Ver AQUI um resumo do debate na televisão entre os dois candidatos à eleição presidencial francesa, onde são analisadas 19 afirmações “intox” de Marine Le Pen.


quarta-feira, 3 de maio de 2017

O Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, levado à cena na Escola Europeia de Bruxelas (Woluwe)

O Diabo foi interpretado por Hugo M. Chaves (meu neto)



                                 Primeiras duas falas do Diabo:
                                 DIABO
À barca, à barca, houlá!
que temos gentil maré!
– Ora venha o caro à ré!
COMPANHEIRO
Feito, feito!
DIABO
Bem está!
Vai tu muitieramá,
atesa aquele palanco
e despeja aquele banco
pera a gente que vinrá.
À barca, à barca, hu-u!
Asinha, que se quer ir!
Oh! Que tempo de partir,
louvores a Berzebu!
– Ora, sus! Que fazes tu?
Despeja todo esse leito!