domingo, 19 de fevereiro de 2017

Resistir a Trump... é a palavra de ordem

47 formas de resistir a Trump 
Bárbara Reis (Público, 19.Fev.2017)
Os apelos aparecem como cogumelos: é preciso "persistir" e "resistir" a Donald Trump, às suas ideias e às suas instruções e directivas políticas. A resposta não se fez esperar e está a ser transversal. Os tribunais contrariam o Presidente, os consumidores boicotam os seus produtos, as petições para um impeachment têm adesão imediata, a função pública estuda formas de desobediência civil e os espiões escondem os segredos ao Governo. Sem estado de graça, Trump termina o primeiro mês na Casa Branca a dizer que "everything is working fine". Mas o mundo inteiro sabe que isso não é verdade. Nestas primeiras quatro semanas, a resistência a Trump não parou de aumentar.

"Fake news" de Trump, não dos jornais...



sábado, 18 de fevereiro de 2017

Não há revolução sem tumulto!

A revolução Trump
José Pacheco Pereira (Público, 18.Fev.2017)
Os efeitos internos da revolução Trump estão em pleno desenvolvimento, e é inimaginável vários anos disto – a relação esquisita, para não usar outro termo, com a Rússia de Putin; o contínuo discurso de mentiras, o ataque à liberdade de expressão dos jornalistas, impedidos de fazerem perguntas se são da “fake news”, em favor de uns obscuros media conservadores e religiosos, o ataque ao sistema judicial, as ameaças contínuas ao México e aos emigrantes ilegais, as políticas contra os pobres, a tese de que há um “deep state” escondido pelos democratas dentro do Estado que abre caminho à ameaça de saneamentos em série, a escolha de um governo de gente muito incompetente, reaccionária, mais do que conservadora, e com teses bizarras sobre tudo, do ambiente à ciência, da educação à guerra.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

A culpa não foi minha...

Cavaco recusou liderar negociação com a troika
São José Almeida (Público)
O livro "Quinta-feira e Outros Dias" foi lançado ontem. O seu autor chama-se Cavaco Silva. A obra consiste no relato comentado das suas relações enquanto Presidente com o primeiro-ministro Sócrates.
Cavaco Silva recusou em mais de uma conversa com José Sócrates, ser ele, Presidente da República, em vez de ser o primeiro-ministro, a liderar as conversações com os partidos portugueses para conseguir consenso em relação aos conteúdos do Memorando de Entendimento em Abril e Maio de 2011, negociado com a troika. E garante mesmo que lhe respondeu que isso seria um absurdo.

Sexta-feira e Outros Dias 
Ricardo Costa (Expresso, 17.Fev.2017))

A mão por detrás dos arbustos 
José Sócrates (Diário de Notícias, 18.Fev.2017)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Uns dizem que sim, outros dizem que não

A locomotiva da liderança americana já descarrilou
Rui Tavares (13.Fev.2017)
 Nos últimos dias de regresso temporário a este país, todas as conversas que tenho acabam sendo sempre sobre Trump, e todas as conversas sobre Trump acabam da mesma maneira. Esta ordem executiva, é mesmo para banir toda a gente que vem daqueles sete países muçulmanos? Incluindo os que já têm cartão de residência nos EUA? Uns assessores dizem que sim, outros dizem que não. Os juízes dizem que não podem trabalhar assim e à cautela invalidam tudo. Passado poucas horas, a pergunta já é outra: estas rusgas que se verificam por todo o país todo para deportar imigrantes é para serem iguais às que já havia ou de uma escala e de uma dimensão diferente? Depende da audiência: na CNN garante-se que são iguais, na Fox que são diferentes, muito maiores, muito melhores, as melhores rusgas. E o famoso muro é para construir? Sim, explica uma assessora, mas em certas parte será um muro “invisível”, feito com tecnologia — a fazer lembrar aquelas roupas fantásticas, moderníssimas, invisíveis, que tão bem assentavam ao corpo nu do Rei.

Obras no Largo do Leão (1000 Lisboa)

Cf. aqui



Antevisão:

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

"Sonho com Asas" em voo ascendente !


ANTES: ver aqui, aqui, aqui...

AGORA: ver site da Sociedade Portuguesa de Autores

NOMEAÇÕES para PRÉMIO AUTORES 2017

MELHOR LIVRO INFANTO-JUVENIL

De umas coisas nascem outras” de João Pedro Mésseder
Ilustrações de Rachel Caiano
Editora: Caminho
 
Os pais não sabem mas eu explico” de Maria João Lopes
Ilustrações de Teresa Cortez
Editora: Máquina de Voar
 
Sonho com asas” de Teresa Martinho Marques
Ilustrações de Fátima Afonso
Editora: Kalandraka

Largo do Leão, mais vale tarde do que nunca

O “meu” Largo do Leão foi desfigurado em Novembro de 2013 ( ver aqui). As obras neste “triste” espaço tiveram o seu início ontem (ver aqui), atrasadas em relação ao que estava previsto, a seis meses das eleições autárquicas como era suposto... Vale mais tarde do que nunca.  

Clicar para ampliar